(13) 3500-8775 / (13) 991529292 contato@institutobaruc.com.br

Pós-Graduação em Direito de Família e Sucessões com Ênfase em Mediação

Com dupla certificação. Nossa Pós Graduação já habilita para ser mediador judicial, conforme resolução 125/10 CNJ.

Datas

Aulas 1 vez por semana: todas as quintas-feiras e a primeira terça-feira do mês

Horário das 19:00 as 22:15
Duração 18 meses – 360 horas

Inicio: 28 de Janeiro de 2021

Quórum mínimo

25 alunos

Local

CURSO ESPECIAL POR VÍDEO CONFERENCIA / Google Meet.

Investimento

Investimento Taxa de Matrícula R$ 150,00
18 mensalidade de 350,00. 
Para alunos e ex-alunos do Instituto Baruc 20% de desconto nas mensalidades pagas até o data do vencimento. As mensalidades deverão ser pagas com cheques pós-datados ou cartão recorrente.

R$150,00

Ao finalizar o pagamento da taxa de matricula mandar a documentação e receber o link para finalizar o pagamento.

Corpo Docente

O corpo docente é composto por renomados especialistas, mestres, doutores, promotores de justiça, juízes, advogados com alta formação acadêmica e intelectual além de grande vivência nas áreas que lecionam suas respectivas disciplinas.

Obs.: Durante o período letivo poderão ocorrer alterações em datas e horários de aulas, bem como inclusão ou substituição de professores e disciplinas apresentadas no material de divulgação e nas “grades de aulas”, por ocasião de imprevistos ou surgimento de novos temas relevantes para o curso. Aulas ocasionalmente não ministradas na data prevista serão objeto de compensação em data posterior a ser definida pela coordenação acadêmica, sempre com prévia comunicação da secretaria.

Avaliações e Atividades Complementares

As avaliações serão feitas ao final de cada módulo, consistindo em prova a ser aplicada por um dos professores, cujas questões versarão sobre os temas ministrados. Não serão aceitos trabalhos em substituição as provas, salvo casos excepcionais, a critério da coordenação geral. A aplicação e correção das provas ficarão a cargo do coordenador acadêmico e pedagógico.

Como atividades complementares, os alunos participarão de seminários realizados em sala de aula e outras atividades, a critério do professor.

TCC - Trabalho de Conclusão de Curso

O TCC – Trabalho de Conclusão de Curso é individual e será um artigo cujo tema deverá ter relação com o conteúdo do curso.
O artigo deverá ser entregue em até 04 meses do último dia de aula conforme os procedimentos informados nas aulas de Metodologia.
Para os alunos que acham que o TCC é “um bicho de sete cabeças”, fiquem tranquilos! O Instituto Baruc orienta e oferece dicas para que o aluno possa encontrar o seu tema com facilidade e auxilia o aluno quanto à formatação.
Em nenhuma hipótese haverá restituição ao aluno do TCC, bem como dos documentos entregues quando da matrícula.

Documentos Obrigatórios

– Diploma de graduação;
– RG e CPF (OAB ou CNH, não substitui)
– Comprovante de residência
– Certidão de nascimento ou casamento
– Reservista (para homens)
– foto 3 x 4
Dra. Carleane Lopes Souza

Mestranda em Sistemas de Resolução de Conflitos na Universidade Lomas de Zamora (Argentina), Mestranda em Direito pela Uninove, Mediadora formada pela Escola Paulista da Magistratura de São Paulo, Coordenadora do Curso de Capacitação da Faculdade LEGALE, Coordenadora do Curso de Capacitação, Treinamento e Aperfeiçoamento de Conciliadores e Mediadores Judiciais da FIG-UNIMESP/GUARULHOS (2013 a 2017) , Coordenadora da Pós Graduação em Mediação, Conciliação, Negociação e Arbitragem da FACULDADE LEGALE, Coordenadora do Curso de Aperfeiçoamento para Mediadores – Oficinas para Mediadores – Faculdade Legale – Mediadora NOMEADA pelo TRF3 4º. Vara Federal em Santos para atuar em Mediação Internacional, Mediadora Privada em Disputas Familiares, participou do Curso de Supervisores em Sessão de Conciliação em Brasília pelo Conselho Nacional de Justiça, Mediadora do Instituto de Certificação e Formação de Mediadores Lusófonos – Lusófonos – ICFML e Coordenadora do Curso de Capacitação de Mediação e Conciliação Judicial e Extrajudicial da ESA/ SJC (2017), Instrutora de Técnica Autocompositivas do Conselho Nacional de Justiça (2014 à 2015 e 2016 à 2017), Palestrante convidada da Escola Paulista da Magistratura de Tocantins (2016) Palestrante convidada para II-Encontro Estadual da Arpen-SC (2016), Membro Colaborador da Comissão de Direito de Mediação e Arbitragem( Subseção 57º. Guarulhos 2014), Integrou o grupo de Instrutores de Mediação da Escola Paulista da Magistratura ( 2013), Coordenou do Curso de Mediação e Conciliação Judicial e Extrajudicial (2016) em Florianópolis e Chapecó a convite do Colégio Notarial de Santa Catarina , Coordenou Curso de Mediação e Conciliação Judicial e Extrajudicial a convite da ARPEN-SC ( 2017).

DR. ALESSANDRO DE SOUZA LIMA

Juiz de Direito do TJ/SP desde 2004, atualmente em São José dos Campos; iniciou o Projeto Concilia da OAB – espécie de Poupatempo da Justiça, que foi aprovado pelo Conselho Superior de Magistratura em 2013; também é o autor do Projeto Família Hospedeira que ganhou o I Prêmio Infância e Juventude do CNJ; Professor convidado na Universidade São Francisco na matéria de Mediação e Direito Civil; Bacharel em Direito pela Universidade São Francisco – USF (1974) e Pós-Graduado em Direito Processual Civil pela Universidade São Francisco – USF (1998).

DR. RONILSON DE SOUZA LUIZ

Pós-doutorado em Educação, Doutor em Educação pela PUC/SP sob orientação do Prof. Dr. Mario Sergio Cortella; Graduado pela Academia do Barro Brando – da Polícia Militar do Estado de São Paulo, é Bacharel e Licenciado em Letras pela USP, Mestre em Educação pela PUC/SP, com produção centrada na Educação Profissional, em especial na formação e treinamento de policiais militares, no Centro de Altos Estudos de Segurança. Atua também como colaborador na Universidade da Cidadania Zumbi dos Palmares; Palestrante das temáticas ligadas às questões de polícia; Orienta de forma voluntária policiais militares interessados em realizar pós-graduação stricto sensu; Colaborador de jornais de bairro em SP; Docente de Metodologia da Faculdade Legale, nos cursos de Pós-Graduação, Docente nos Cursos de Capacitação de Conciliadores de Mediadores Judiciais e Extrajudiciais.

DRA. KATIA BOULOS

Advogada, Professora Universitária, Consultora na área do Direito de Família e
Sucessões, com atuação interinstitucional no combate à violência doméstica e
familiar.
Na Ordem dos Advogados do Brasil foi Membro Consultora da Comissão Nacional da
Mulher Advogada, e na Secional de São Paulo foi Conselheira Estadual, Presidente da
Comissão Permanente da Mulher Advogada e Relatora da 1ª Câmara Recursal por
duas gestões consecutivas, Vice-Presidente da Comissão de Direito de Família e
Sucessões, por três gestões consecutivas, Membro Efetivo de várias Comissões
Especiais e Palestrante Emérita, representando essa entidade de classe na
Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar
(COMESP) e na Comissão Interinstitucional sobre Tráfico de Pessoas, Trabalho
Escravo e Exploração Infantil (CITTEI) do Poder Judiciário, na Coordenadoria
Estadual de Políticas para a Mulher (Secretaria da Justiça e da Cidadania) e na
Câmara Temática Interdisciplinar do Conselho Regional de Medicina (CREMESP),
todos do Estado de São Paulo, até dezembro de 2018.
Membro Efetivo do Instituto dos Advogados de São Paulo (IASP) desde 1995.
Membro Fundador, Vice-Presidente e Diretora Nacional de Relações Institucionais da
Associação de Direito de Família e Sucessões (ADFAS).
Assessora Especial em Direito de Família e Sucessões, em nível nacional e estadual
por São Paulo, da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica (ABMCJ).
Conselheira do Programa Bem Querer Mulher.
Autora e Coordenadora de vários projetos institucionais desde a década de 90, entre
os quais a “Instituição no Calendário Oficial da Semana de Conscientização e
Prevenção da Alienação Parental” em mais de 70 municípios paulistas.

DR. JOVANE NIKOLIC

Advogado; Pós-Graduado em Direito de Família e Sucessões pela Faculdade Damásio; Membro do IBDFAM –Instituto Brasileiro de Direito de Famílias; Professor convidado para os cursos de Pós-Graduação do Instituto Baruc.

DRA. CINTHIA RIBEIRO DO AMARAL

Advogada; Graduada em Direito pela UNISAL; Graduada em Letras (Por/Ing) pela UNAR; Docente no Instituto Vale Educação(FACIC Cruzeiro), nas disciplinas de Direito Público e Privado e Direito Empresarial nas Graduações de Administração de Empresa e Ciências Contábeis; Docente em Curso de Capacitação, Formação e Treinamento de Conciliadores e Mediadores no Módulo de Mediação Familiar – Legale Cursos Jurídicos; Docente em Cursos de Mediação Extrajudicial; Docente convidada em Cursos de Pós Graduação em Direito de Família e Sucessões – Faculdade Legale; Instituto Baruc; Conciliadora e Mediadora no TJSP; Mestra em Ciências da Educação UniGrendal Corporate; Pós Graduada em Direito de Família e Sucessões (Unisal); Pós-Graduada em Direito do Estado (Direito Administrativo, Tributário e Constitucional – Universidade Gama Filho); Mediadora e Conciliadora Privada; Presidente da Comissão de Direito de Família da 47ª Subsecção da OAB/SP (Cruzeiro – 2013-2018); Membro da Comissão da Mulher Advogada da 47ª Subsecção da OAB/SP (Cruzeiro- 2013-2018); Membro da Comissão Especial de Direito de Família da OAB/SP (2013-2018); Membro da Comissão Nacional dos Estudos Constitucionais da Família – IBDFAM (2014-2019); Membro da Comissão Nacional de Mediação (IBDFAM – 2016-2019); Coordenadora Projeto OAB CONCILIA 47ª Subsecção OAB/SP (2013-2018); Palestrante OABSP; Autora de Artigos Jurídicos.

DRA. MARTA FERNANDES DE SOUZA

Advogada Pós-Graduada em Direito Previdenciário; Pós-Graduanda em Direito Público, Imobiliário, Civil e Processo Civil e em Constitucional e Direito Médico (2019); bacharel em Direito (2008); foi Conciliadora Voluntária no JEC de Santo Amaro (2013); Nomeada Membro da Comissão de Meio Ambiente da OAB de Santo Amaro (2009 a 2013),  da Comissão de Direito Tributário da OAB Santo Amaro (2011), da Comissão do Direito Previdenciário e Acidentário da OAB Santo Amaro em 2012; Participou do Curso “Linguagem do Corpo e Conscientização Universal” pelo Instituto Linguagem do Corpo da Professora Cristina Cairo (2008); participou do Curso Básico de Numerologia Pitagórica com Linguagem do Corpo no Instituto Linguagem do Corpo (2013); participou como terapeuta voluntária do Projeto “A Cura dos Filhos pela Cura dos Pais” do Instituto Linguagem do Corpo e cursou para aquisição de conhecimentos a parte Teórica do curso de Psicanálise pela Sociedade Brasileira de Psicanálise Interativa.

Dr Nelson Sussumu Shikicima

Doutor em Ciências Jurídicas

Pós Doutor em Direito

Autor dos Livros Lições de Direito de Família (2ª. Edição) e Direito Civil para Exame de Ordem e Concursos Públicos (3ª Edição)

Diretor da Academia de Direito e Coaching Nelson Sussumu Shikicima

Advogado militante São Paulo

Conselheiro Secional da OAB-SP (2016-2018)

Presidente da Comissão de Direito de Família da OAB/SP (2010-2018)

Membro Consultor da Comissão de Direito Civil da OAB/SP (2013 a 2015)

Membro Efetivo da Comissão de Franchising da OAB/SP (2013 a 2015)

Vice-Presidente da Comissão de Apoio ao Advogado Professor da OAB/SP (2004-2006)

Coordenador de Direito Civil da Comissão de Desenvolvimento Acadêmico da OAB/SP (2007-2009)

Palestrante do Departamento de Cultura e Eventos da OAB/S

Professor Homenageado pela Ordem dos Advogados do Brasil – Seção de São Paulo com a Láurea de Reconhecimento (2006)

Láurea do Mérito Cultural (2011)

Láurea do Mérito Docente (2011)

Medalha do Mérito Cultural (2012)

Medalha Plínio Barreto (2013)

Medalha Cid Vieira (2015)

Medalha Clóvis Beviláqua (2018)

Professor da ESA/SP – Escola Superior de Advocacia, Coordenador Pedagógico do Legale Cursos Jurídicos

Professor de Direito Civil de Cursos Preparatórios para Concursos Públicos e OAB do Legale Cursos Jurídicos

Professor no IDEJUR em Santo André/SP (2006 a 2014)

Professor do Complexo Jurídico Damásio de Jesus e da Faculdade de Direito Damásio de Jesus (2006 a 2015)

Professor do Plenarius de Juiz de Fora – MG (2010 a 2012) e Professor de Direito Civil do Curso de Pós Graduação da Faculdade Legale

Professor UNISAL

Professor e Coordenador da Pós de Direito Civil e Processo Civil da UNICSUL (2013 a 2015)

Professor da Faculdade de Direito Damásio de Jesus (2010 a 2015)

Professor FAAP – Faculdade Armando Álvares Penteado, HGA – Blumenau/SC

Conteúdo Programatico

MÓDULO I – FAMÍLIA

1. DIREITO DE FAMÍLIA
Conceito; Evolução Histórica; Conteúdo; Formação; Direito de Família Constitucional; Aspectos práticos e relevantes e Estudos de Casos Práticos.

2. CONCUBINATO E UNIÃO ESTÁVEL
Conceitos; Evolução Histórica; Diferenças; Aspectos Patrimoniais; Divergências Jurisprudenciais e aspectos práticos e Estudos de Casos Práticos.

3. UNIÃO HOMOAFETIVA E CASAMENTO HOMOAFETIVO
Conceito; Aplicabilidade (ADI 4277/11); Resolução 175 CNJ; Aspectos gerais e Estudos de Casos Práticos.

4. CASAMENTO
Conceito; Evolução Histórica; Natureza Jurídica; Objetivo; Características; Princípios; Espécies; Provas e Aspectos Práticos.

5. HABILITAÇÃO DO CASAMENTO
Conceito; Requisitos; Prazos e Aspectos Práticos.

6. CELEBRAÇÃO DO CASAMENTO
Formas; Validade e Suspensão.

7. IMPEDIMENTO DO CASAMENTO
Conceito; Efeitos; Tipos e Oposição.

8. CAUSAS SUSPENSIVAS
Conceito; Espécies e Sanção de ordem econômica.

9. ANULAÇÃO DO CASAMENTO
Conceitos; Causas; Efeitos; Aspectos relevantes e práticos.

10. EFEITOS JURÍDICOS DO CASAMENTO (ORDEM PESSOAL)
Conceito; Evolução Histórica; Direitos e deveres dos cônjuges; Efeitos; Outorga Uxória e Marital; Aspectos relevantes e práticos.

11. EFEITOS JURÍDICOS DO CASAMENTO (ORDEM PATRIMONIAL)
Conceito; Evolução Histórica; Regime de Bens – Princípios e Espécies; Pacto Antenupcial; Divergências jurisprudenciais; Aspectos relevantes, polêmicos e práticos.

12. DOAÇÕES ANTENUPCIAIS
Conceito; Evolução Histórica e Aplicabilidade.

13. DISSOLUÇÃO DA SOCIEDADE CONJUGAL
Conceito; Evolução Histórica; Aspectos Gerais da Lei nº. 6.515/77/ CC/02; Separação Judicial; Divórcio Judicial; Separação e divórcio extrajudicial (Lei nº. 11.441/07); CPC/2015; Divórcio E.C. 66/2010; Nulidade ou anulação do casamento ou morte e Aspectos práticos.

14. PARENTESCO
Conceito; Linhas retas e colaterais; Contagem de graus e Espécies.

15. FILIAÇÃO
Conceito; Antes e depois da CF/88; Formas; Reconhecimento Voluntário e Judicial; Ação Negatória de Paternidade; Ação de Investigação de Paternidade e Maternidade; Desbiologização da paternidade; Filiação Socioafetiva e Aspectos Práticos.

16. GUARDA E REGULAMENTAÇÃO DE VISITAS
Conceito; Evolução Histórica; Espécies; Guarda Compartilhada (Lei. Nº. 13.058/14); Alienação Parental (Lei nº. 12.318/10); Aspectos polêmicos e Aspectos práticos.

17. PODER FAMILIAR
Conceito; Evolução Histórica; Aspectos gerais; Aplicabilidade e Aspectos práticos.

18. TUTELA
Conceito; Evolução Prática; Aspectos gerais; Aplicabilidade e Aspectos práticos.

19. CURATELA
Conceito; Aspectos gerais; Aplicabilidade e Aspectos práticos.

20. ADOÇÃO

Conceito; Evolução histórica; Espécies antes do CC/2002; Efeitos; Requisitos; Aspectos gerais da Lei nº. 8.069/90; Adoção por estrangeiro e Leis nº. 12.010/09 e 13.509/2017

21. ALIMENTOS

Conceito; Evolução histórica; Espécies; Alimentos Gravídicos (Lei nº 11.804/09); Classificação; Características; Revisional; Execução; Aspectos polêmicos, relevantes e práticos; Jurisprudências atuais e polêmicas e Aspectos práticos.

22. BEM DE FAMÍLIA
Conceito; Aplicabilidade; Aspectos gerais e Aspectos práticos.

Conteúdo Programatico

MÓDULO II – SUCESSÕES

1. DIREITO DAS SUCESSÕES – DISPOSIÇÕES GERAIS
Conceito; Evolução histórica; Conteúdo; Prazos e Competência

2. TRANSMISSÃO
Conceito e formas.

3. ACEITAÇÃO E RENÚNCIA
Conceito; Natureza Jurídica; Características e Aspectos práticos.

4. HERANÇA JACENTE E VACANTE
Conceito; Requisitos; Prazos, Aspectos práticos diante do Código Civil de 2002 e Aspectos práticos.

5. HERDEIROS NECESSÁRIOS
Conceito; Características; Efeitos e Aspectos relevantes e polêmicos.

6. SUCESSÃO LEGÍTIMA
Conceito; Formas; Espécies; Sucessão dos descendentes; Sucessão dos ascendentes; Sucessão do cônjuge e o convivente sobrevivente; Inconstitucionalidade do artigo 1.790 CC declarada pelo STF; Sucessão dos Colaterais; Aspectos relevantes; polêmicos e práticos.

7. DIREITO DE REPRESENTAÇÃO
Conceito e Efeitos.

8. SUCESSÃO NA AUSÊNCIA
Conceito; Requisitos; Procedimento e Prazos.

9. SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA
Conceito; Evolução Histórica; Requisitos; Características; Espécies; Cláusulas de inalienabilidade; impenhorabilidade e incomunicabilidade; Aspectos práticos e relevantes e Elaboração de Testamento.

10. LEGADOS

Conceito; Características; Direitos e Deveres do Legatário; Direitos e Deveres do Legante e Espécies.

11. DIREITO DE ACRESCER ENTRE OS HERDEIROS

Aplicabilidade e Aspectos Gerais.

12. CAPACIDADE PARA ADQUIRIR POR TESTAMENTO
Características e Efeitos.

13. SUBSTITUIÇÕES
Conceito; Espécies; Requisitos e Aspectos práticos.

14. DESERDAÇÃO
Conceito; Aspectos gerais; Aplicabilidade e Aspectos práticos.

15. REVOGAÇÃO E ROMPIMENTO DO TESTAMENTO
Conceitos; Aplicabilidade e Aspectos práticos.

16. TESTAMENTEIRO
Conceito; Direito e deveres e Aspectos gerais.

17. INVENTÁRIO E PARTILHA
Conceito; Requisitos; Características; Formas; Novo CPC e Aspectos Práticos.

18. COLAÇÃO
Conceito; Aspectos gerais e relevantes e Aspectos práticos.

19. BENS SONEGADOS
Conceito e Aspectos gerais e práticos.

20. SOBREPARTILHA / PAGAMENTOS E DÍVIDAS / GARANTIA DE QUINHÕES
Aspectos gerais e práticos.

21. COMORIÊNCIA
Aspectos gerais e práticos.

Conteúdo Programatico

MÓDULO III – MEDIAÇÃO

1. PANORAMA HISTÓRICO DOS MÉTODOS CONSENSUAIS DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS

Legislação brasileira. Projetos de lei. Lei dos Juizados Especiais. Resolução CNJ n. 125/2010. Novo CPC, Lei de Mediação.

2. A POLÍTICA JUDICIÁRIA NACIONAL DE TRATAMENTO ADEQUADO DE CONFLITOS

Objetivos: acesso à justiça, mudança de mentalidade, qualidade do serviço de conciliadores e mediadores. Estruturação: CNJ, Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos e CEJUSCs. A audiência de conciliação e mediação do novo CPC. Capacitação e remuneração de conciliadores e mediadores.

3. CULTURA DA PAZ E MÉTODOS DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS

Panorama nacional e internacional. Autocomposição e Heterocomposição. Prisma (ou espectro) de processos de resolução de disputas: negociação, conciliação, mediação, arbitragem, processo judicial, processos híbridos.

4. TEORIA DA COMUNICAÇÃO / TEORIA DOS JOGOS

Axiomas da comunicação. Comunicação verbal e não-verbal. Escuta ativa. Comunicação nas pautas de interação e no estudo do inter-relacionamento humano: aspectos sociológicos e aspectos psicológicos. Premissas conceituais da autocomposição.

5. MODERNA TEORIA DO CONFLITO E COMPORTAMENTO HUMANO

Conceito e estrutura. Aspectos objetivos e subjetivos.

6. NEGOCIAÇÃO

Conceito. Integração e distribuição do valor das negociações. Técnicas básicas de negociação (a barganha de posições; a separação de pessoas de problemas; concentração em interesses; desenvolvimento de opções de ganho mútuo; critérios objetivos; melhor alternativa para acordos negociados). Técnicas intermediárias de negociação (estratégias de estabelecimento de rapport; transformação de adversários em parceiros; comunicação efetiva).
7. CONCILIAÇÃO

Conceito e filosofia. Conciliação judicial e extrajudicial. Técnicas (recontextualização, identificação das propostas implícitas, afago, escuta ativa, espelhamento, produção de opção, acondicionamento das questões e interesses das partes, teste de realidade). Finalização da conciliação – Formalização do acordo. Dados essenciais do termo de conciliação (qualificação das partes, número de identificação, natureza do conflito…). Redação do acordo: requisitos mínimos e exequibilidade. Encaminhamentos e estatística. Etapas (planejamento da sessão, apresentação ou abertura, esclarecimentos ou investigação das propostas das partes, criação de opções, escolha da opção, lavratura do acordo).

8. MEDIAÇÃO

Definição e recontextualização. Conceito e filosofia. Mediação judicial e extrajudicial, prévia e incidental. Etapas – Pré-mediação e Mediação propriamente dita (acolhida, declaração inicial das partes, planejamento, esclarecimentos dos interesses ocultos e negociação do acordo). Técnicas ou ferramentas (co-mediação, recontextualização, identificação das propostas implícitas, formas de perguntas, escuta ativa, produção de opção, acondicionamento das questões e interesses das partes, teste de realidade ou reflexão).

9. ÁREAS DE UTILIZAÇÃO DA CONCILIAÇÃO/MEDIAÇÃO

Empresarial, familiar, civil, (consumerista, trabalhista, previdenciária, etc.) penal e justiça restaurativa; o envolvimento com outras áreas do conhecimento.

10. INTERDISCIPLINARIDADE DA MEDIAÇÃO

Conceitos das diferentes áreas do conhecimento que sustentam a prática: sociologia, psicologia, antropologia e direito.

11. O PAPEL DO CONCILIADOR/MEDIADOR E SUA RELAÇÃO COM OS ENVOLVIDOS (OU AGENTES) NA CONCILIAÇÃO E NA MEDIAÇÃO

Os operadores do direito (o magistrado, o promotor, o advogado, o defensor público, etc) e a conciliação/mediação. Técnicas para estimular advogados a atuarem de forma eficiente na conciliação/mediação. Contornando as dificuldades: situações de desequilíbrio, descontrole emocional, embriaguez, desrespeito.

12. ÉTICA DE CONCILIADORES E MEDIADORES

O terceiro facilitador: funções, postura, atribuições, limites de atuação. Código de Ética – Resolução CNJ nº 125/2010 (anexo).

Conteúdo Programatico

MÓDULO IV – DIDÁTICA DE ENSINO SUPERIOR

  •  O processo de ensino e aprendizagem; voz, corpo e postura: prevenções e projeções para uma comunicação educativa.

 

  • A aula: a prática pedagógica como um processo de comunicação educativa; o professor e o aluno como protagonistas: papéis e representações no espaço institucional; adjuvantes e oponentes no processo de ensino-aprendizagem pressupostos teóricos no ensino superior: um diálogo com paradigma; o uso de novas tecnologias no ensino superior; avaliação do processo de ensino e aprendizagem: a teoria e a prática.

Conteúdo Programatico

MÓDULO V – METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA

  • A disciplina de Metodologia tratará da estrutura do TCC – Trabalho de Conclusão de Curso que será um Artigo, sobre as Regras da ABNT e demais informações para que o aluno possa escolher o tema, planejar, desenvolver e entregar, segundo os parâmetros definidos pela Instituição. Seu objetivo é contribuir para a preparação e a capacitação do especializando nesse mister.

 

  • O conhecimento adquirido poderá ser aplicado em outros trabalhos científico ou até em artigos para multiplicação de conhecimento que o aluno se propuser a realizar, orientando acerca dos diversos métodos de pesquisa e sobre a prática.