(13) 3500-8775 / (13) 991529292 contato@institutobaruc.com.br

Pós Graduação em Mediação e Justiça Restaurativa

Datas

Aulas todas as quintas-feiras de agosto à dezembro/2021
Aulas todas as quartas-feiras de janeiro à julho de 2022

Horario das 19h00 as 22h00

360horas – 1 ano

Quórum mínimo

25 alunos

Local

CURSO ESPECIAL POR VÍDEO CONFERENCIA / Google Meet.

Investimento

Investimento Taxa de Matrícula R$ 150,00
18 mensalidade de 350,00.
Para alunos e ex-alunos do Instituto Baruc 20% de desconto nas mensalidades pagas até o data do vencimento. As mensalidades deverão ser pagas com cheques pós-datados ou cartão recorrente.

R$150,00

Ao finalizar o pagamento da taxa de matricula mandar a documentação e receber o link para finalizar o pagamento.

Documentos Obrigatórios

– Diploma de graduação; – RG e CPF (OAB ou CNH, não substitui) – Comprovante de residência – Certidão de nascimento ou casamento – Reservista (para homens) – foto 3 x 4
Dra. Carleane Lopes Souza
Especialização “lato sensu” em Direito Civil e Processo Civil, Mestranda em Sistemas de Resolução de Conflitos na Universidade Lomas de Zamora- Argentina, Mestranda em Direito pela UNINOVE, Mediadora formada pela Escola Paulista da Magistratura de São Paulo, Mediadora formada pela AMBAR Consultores en Resolución de Conflictos Argentina, Coordenadora do Curso de Capacitação da Faculdade LEGALE ( 2013 à 2018) Coordenadora do Curso de Capacitação, Treinamento e Aperfeiçoamento de Conciliadores e Mediadores Judiciais da FIG-UNIMESP/GUARULHOS ( 2013 à 2017) Coordenadora da Pós Graduação de Direito Família e Sucessões com Ênfase em Mediação da Faculdade Casa Branca – Polo Santos Coordenadora da Pós Graduação em Mediação, Conciliação, Negociação e Arbitragem da FACULDADE LEGALE, Coordenadora do Curso de Aperfeiçoamento para Mediadores – Oficinas para Mediadores – Faculdade Legale – Mediadora NOMEADA pelo TRF3 4º. Vara Federal em Santos para atuar em Mediação Internacional, Mediadora Privada em Disputas Familiares, participou do Curso de Formação de Supervisores em Mediação em Brasília pelo Conselho Nacional de Justiça (2013) Mediadora do Instituto de Certificação e Formação de Mediadores Lusófonos – Lusófonos – ICFML e Coordenadora do Curso de Capacitação de Mediação e Conciliação Judicial e Extrajudicial da ESA/ SJC , Palestrante convidada da Escola Paulista da Magistratura de Tocantins (2016) Tema: Instrumentos normativos em resolução Consensual de Conflitos; Palestrante convidada para II-Encontro Estadual da Arpen-SC (2016), Membro Colaborador da Comissão de Direito de Mediação e Arbitragem( Subseção 57º. Guarulhos 2014), Integrou o grupo de Instrutores de Mediação da Escola Paulista da Magistratura ( 2013), Coordenou do Curso de Mediação e Conciliação Judicial e Extrajudicial (2016) em Florianópolis e Chapecó a convite do Colégio Notarial de Santa Catarina , Coordenou Curso de Mediação e Conciliação Judicial e Extrajudicial a convite da ARPEN-SC ( 2017), Palestrante Convidada pela OABSJC I Simpósio de Conciliação, Mediação e Arbitragem (2017) Temas: Técnicas Alternativas de Solução de Conflitos Honorários Advocatícios na Conciliação e Mediação; Conciliação e Mediação nas Diversas Áreas do Direito ; Palestrante Convidada pela OAB São Caetano do Sul- SP (2017) Tema: A Atuação e a Remuneração do Advogado na Mediação e Conciliação ; Palestrante Convidada para X Congresso Estadual de Direito de Família (2017),Tema: Mediação aplicada ao Direito de Família , Palestrante Convidada pela OAB de Atibaia ( 2014) Tema: Mediação e Conciliação na Advocacia; Palestrante Convidada pela Prolegis ( 2015) Tema: Mediação e Conciliação no Novo CPC; Palestrante Convidada pela OAB-Guarulhos ( 2015) Tema: Mediação e Conciliação- Nova Ferramenta do Advogado Contemporâneo ; Palestrante Convidada para evento Conclave Jurídico Dr. Celso Limongi ( 2015) Tema: A Mediação e a Conciliação no Novo CPC; Palestrante Convidada pela Faculdade de Ciências Humanas de Cruzeiro (2015) Tema: Conciliação e Mediação no Novo Código de Processo Civil ; Palestrante Convidada pela Faculdade Progresso (2017) Tema: A Mediação como Instrumento dos Direitos Fundamentais; Ministrou Curso de Mediação Judicial pelo CNJ ( 2013) no Campus da Universidade Nove de Julho, Palestrante Convidada pela OAB de Mogi das Cruzes – SP ( 2018) Tema: Remuneração do Advogado na Mediação; Palestrante Convidada ; Palestrante Convidada pela OAB-Santos( 2018) Tema: A mediação no Direito de Família, uma nova perspectiva na Solução de Conflitos e o Diálogo; Palestrante Convidada para II Congresso de Direito de Família e Ação Social ( 2018) Tema: Mediação no Direito de Família, Sócia-Proprietária do BARUC – CAMARA BRASILEIRA DE MEDIAÇÃO E ARBITRAGEM, Sócia-Proprietária do INSTITUTO BARUC, entidade credenciada no Tribunal de Justiça de São Paulo e pela ENFAM- Escola Nacional de Formação de Magistrados, Palestrante Convidada pela OAB Subseção São Vicente (2019) Tema: “O ADVOGADO E OS MÉTODOS ADEQUADOS DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS”. Recebeu Homenagem na CAMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO, pelos serviços prestados a cidade paulistana em Mediação (2019)
Dr. Paulo Marcos Rodrigues de Almeida

Juiz Federal

Dr. Alessandro de Souza Lima

Juiz de Direito

Dra: Laryssa Angelica Copack

Bacharel em Direito pela UEPG – Universidade Estadual de Ponta Grossa – Paraná, especialista em Direito Processual pela Universidade Tuiuti do Paraná – 2003; Mestre em Direito Constitucional pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná – 2004; Facilitadora em Círculos de Construção de Paz pela AJURIS – Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul – 2014; instrutora do Curso de Formação de Facilitadores em Justiça Restaurativa pelo Tribunal de Justiça do Estado do Paraná – 2017; Juíza de Direito do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, onde atua como Juíza Titular da 1ª Vara Criminal da Comarca de Ponta Grossa, bem como Juíza Coordenadora do CEJUSC – Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania da Comarca de Ponta Grossa (desde 2016). É também membro da Comissão de Justiça Restaurativa do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (desde 2014). Instrutora da disciplina Justiça Restaurativa no Módulo Nacional da Formação Inicial de Juízes ENFAM – Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento da Magistratura / Superior Tribunal de Justiça (desde 2017). Membro do Comissão que elaborou a minuta da Resolução 225/2016 (que trata do tema Justiça Restaurativa) junto ao CNJ / Conselho Nacional de Justiça.

Cronograma resumido, podendo ocorrer alteração.

TEMAS:
1. Ideias de Justiça – um caminho filosófico pelo conceito de Justiça
2. Apontamentos sobre a falência das ideias punitivistas – Existem caminhos para além da punição?
3. A ética da Justiça x a ética do cuidado – Integrar para evoluir
4. Justiça Restaurativa – origens, conceitos e princípios
5. Principais atores da Justiça Restaurativa e o contraponto à Justiça Retributiva
6. Justiça Restaurativa por caminhos brasileiros – da Nação Tupi Guarani aos projetos pioneiros dentro do Judiciário pátrio
7. A Resolução 225 e o protagonismo do Judiciário Nacional
8. Formas de aplicação da Justiça Restaurativa – círculos restaurativos, círculos de construção de paz, conferências de grupos familiares, mediação vítima ofensor
9. A invisibilidade da vítima no sistema de Justiça tradicional
10. A Justiça Restaurativa e a Justiça Juvenil – uma porta de entrada
11. Violência de gênero e possibilidades de atuação da Justiça Restaurativa
12. Aplicações da Justiça Restaurativa no âmbito da Justiça Criminal
13. Aulas de metodologia e didática
14. Grupo de Pesquisa para auxiliar na construção dos artigos a serem publicados
15. Lançamento do livro com artigos produzidos pelos alunos.
16. Panorama Historico dos Metodos Consensuais de Solução e Resoluçao de Conflitos
17. Papel dos mediadores e sua relação com os envolvidos
18. Mediação na Justiça Federal
19. Teoria Geral da Negociação
20. Negociação Integrativa
21.Negociação Distributiva
22. Lidando com questões difíceis
23. Riscos da Negociação.